29 de mar de 2010

Análise do Discurso

Para quem cursa uma graduação seja onde onde for as palavras TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) ou Projetos Experimentais causam calafrios. Numa das primeiras orientações a minha orientadora fez a seguinte afirmação:
- Bom tema mas voces vão ter que utilizar análise do discurso.
como assim?
Tinha ouvido falar superficialmente na disciplina semiótica. Imagine aplicar em um trabalho dessa importância.
Para quem está passando pelo mesmo sufoco aí vai a dica.
Uma definição beleza elaborada por Israel David Tavares de Moraes Licenciado em Letras se não me engano pela Unama ainda vou checar isso. Em seu TCC, ANÁLISE DISCURSIVA EM MANCHETES DE DOIS JORNAIS IMPRESSOS, DIÁRIO DO PARÁ E O LIBERAL. Orientado pela Profª e agora Drª Ivânia Neves e examinado pela Profª Drª Lucilinda Teixeira. Israel sintetiza o que afinal é análise do discurso algo comum nas universidades do sudeste brasileiro mais ainda uma novidade por estas bandas.

2. PARA COMPREENDER A ANÁLISE DO DISCURSO

Primeiro, precisamos compreender que a análise do discurso como o próprio nome indica tem como toda manifestação concreta da língua, ou seja, é a prática da linguagem. Em outras palavras é o homem falando. Etimologicamente, tem a idéia em si de movimento, de percurso. Assim discurso é a palavra que está em movimentação.

A análise do discurso compreende a linguagem fazendo sentindo para o sujeito em um lugar histórico ou social. Maingueneau (1997 apud MUSSALIM, 2003; p.111) esboça como a Análise do Discurso compreende a linguagem “se refere à linguagem apenas à medida que esta faz sentido para sujeitos inscritos em estratégias de interlocução, em posições sociais, em conjunturas históricas”.
 
Capítulo completo aqui.