Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008

Terapia em grupo

Por: Bruno Figueiredo


O sol começa a injetar os primeiros fechos de luz, de uma terça-feira amena, e ela ferve num fluxo de braços e pernas em busca de saúde, gente que preza pelo bem estar e por uma vida “zen”. Não, não se trata da mais nova academia de Belém e sim da Praça Batista Campos que com mais de cem anos de história possui uma “clientela” diversificada.

A Praça Batista Campos outrora a pérola do Intendente Antônio Lemos, fruto de uma época de idéias modernizadoras e palco para desfile da elite da “Bela época” atualmente é cenário de confluência de diversidade social. Por lá “desfilam” desde os mendigos, os comerciantes até turistas que aproveitam a estadia na cidade para contemplar a beleza da praça.

O agente prisional, Antônio Andrade, freqüenta a praça a mais de 20 anos e segundo ele andar pelas calçadas da Batista Campos tornou-se uma verdadeira terapia, para ele os bancos, os coretos e a arborização configuram-se em um local de revitalização espiritual. O que ele não sabe …

CRÍTICA AMBIENTAL ATRAVÉS DO HUMOR

Por: Bruno Figueiredo

Belém foi sede do 1º Salão de Humor da Amazônia que transcorreu entre os dias 25 a 30 de março de 2008 na Estação das Docas. E trouxe como tema Ecologia e Comunicação. O inédito salão atraiu olhares de diferentes faixas etárias e classes sociais despertando a curiosidade e o interesse pelas diversas facetas do humor.
O evento homenageou o ambientalista Camillo Vianna e o jornalista Raymundo Mário Sobral. A organização do evento teve de escolher entre mais de 800 trabalhos inscritos sendo apenas 120 escolhidos e de acordo com o publicitário, músico e coordenador geral do salão Biratan Porto um dos critérios de escolha era a qualidade de idéia. E é com ele que vamos bater um papo.



Bruno Figueiredo: Qual o papel da tecnologia na vida de um cartunista?



Biratan Porto: A tecnologia possui um papel fundamental, apesar de alguns artistas serem avessos a novidades, mas muitos mesclam esta ferramenta com outras mais tradicionais e há ainda aqueles que já trabalham utilizando …